Um chamado a todos os Thunderbranders!

O conceito de ser um ThunderBrander pode até soar como brincadeira, mas é porque tem como principal objetivo tornar mais leve a abordagem de uma coisa muito séria: a dedicação incansável de muitos profissionais que constroem suas carreiras para causar um impacto positivo na vida das pessoas, através do seu trabalho e da sua marca. A nossa ideia é reforçar características positivas desse perfil “Thunder”, assim, alguns profissionais irão se identificar e vão encontrar suporte às atitudes do seu dia a dia e perceber que, além dele, existem outros Thunderbranders por aí também. E nada mais legal do que encontrar sua turma, né? 

 
Além disso, outros profissionais que desejam ser assim, terão um caminho e algumas dicas para seguir, como em um movimento que busca despertar aquele brio profissional nas pessoas: de ter tesão pelo trabalho, de ter vontade de acordar e se encher de energia para contagiar as pessoas à nossa volta. No fim das contas, ser um ThunderBrander é ser um líder inspirador, é doar sua energia e perceber que ela se multiplica ao encontrar outras pessoas que compartilham seus sonhos e ideias. E aqui é o lugar para que essas pessoas se encontrem e troquem experiências. 
 
Por consequência do meu trabalho, conheci inúmeros líderes inspiradores que me contagiaram com sua energia, me ensinaram, me inspiraram e serviram de modelo para eu me tornar quem eu sou hoje. Em contato com essas pessoas, eu descobri que existia uma relação com o trabalho que ia além do dinheiro, dos contratos comerciais e a busca por lucro. Eu descobri que algumas pessoas se animavam com o resultado do próprio trabalho, com outras pessoas abraçando suas causas, se orgulhavam de ter melhorado processos, desenvolvido produtos e que eram admiradas por isso. 
 

Essas pessoas que hoje nós chamamos de Thunderbranders, eram professores, líderes, gerentes, coordenadores, estagiários, trainees… Elas ocupam diversas posições em diversos departamentos e áreas, mas todas tem uma coisa em comum: o brilho nos olhos que contagia todo mundo.

 
A primeira vez que eu identifiquei um desses foi quando, trabalhando na Innova AATB (tocada por 2 Thunderbranders também, rs), eu entrevistei o Sidney Oliveira para repensar a marca de multivitamínicos que ele havia criado. Isso foi em janeiro de 2016, e eu tenho o áudio dessa entrevista até hoje. A obstinação desse homem para construir a Ultrafarma somado à história de vida deles mais a maneira em como os funcionários admiram a marca e o resultado do próprio trabalho, me fizeram perceber que existia algo muito especial naquele líder, que fazia com que outras pessoas sentissem orgulho de trabalhar para que o sonho dele se tornasse real. Isso chamou muito a minha atenção e me fez ver que na verdade, na minha vida mesmo, eu já havia trabalhado com pessoas assim, que isso era muito benéfico para todos da empresa e que boa parte do sucesso dele vinha dessa capacidade de empolgar as pessoas ao ponto delas quererem que a sua ideia se torne realidade. 
 
Quando eu cheguei na Bunge em 2010, eu conheci 2 Thunderbranders: Caetano Haberli Jr. e Gabriel Saul. O primeiro era gerente de marketing, louco, ligado no 220v e que fazia o departamento trabalhar pilhado para que as ideias saíssem do papel e virassem resultado. Essa empolgação toda fazia com que a coisa andasse! No caso do Gabriel, eu só devo a ele a escolha mais importante da minha carreira… Quando ele, coordenador na época, viu meu interesse por estratégia de marca, começou a me contar sobre Branding e como existia uma maneira diferente de pensar em marcas. Eu fiquei maluco com a ideia e passei a acompanhá-lo em suas palestras, apresentações e fui aprendendo tudo que eu podia até o momento em que passamos a dar consultoria juntos. Com ele eu aprendi estratégia de marca, como criar experiências memoráveis para os clientes e como ser leve ao falar de temas profundos. Ele me ensinou o caminho para que eu pudesse me tornar um Thunderbrander também e, sempre que eu posso, eu o agradeço por isso. 
 
Eu não quero que esse post vire um painel de homenagens, mas ideia é mostrar que o dono da Ultrafarma e o Gabriel são Thunderbranders, assim como o Donald e o Alexandre da Innova também são. Marly e Luciano Fagliary da Pet Society, que mudaram a minha vida, são líderes que inspiram todas as pessoas com quem eles tem contato. A equipe da Pet Society por sinal é basicamente uma usina de empolgação com a Cleiser, a Salua, o Ricardo Santiago… Ainda no mercado veterinário o Luiz Luccas que me mostrou o caminho para que a metodologia da Energia das Marcas existisse, também inspira muita gente por ser o profissional que é.
 
Eu acredito que se eu falar quem foram os Thunderbranders da minha vida, você lembre dos que passaram na sua. Talvez você use esse post para se lembrar de prestar uma homenagem e dizer que eles foram importantes na sua jornada profissional. Nós somos quem somos hoje, porque aprendemos com muitas outras pessoas. As mais especiais e mais importantes nós intitulamos assim: Thunderbrander.
 
Mas o que que isso tem a ver com estratégia de marca? Alguém desavisado pode perguntar. 
 

Bom, se a pessoa te empolga é porque alguma coisa empolga ela, normalmente a razão da empolgação dela está ligada ao propósito de marca, ou da própria pessoa. Esse brilho nos olhos contagia todo mundo à sua volta e isso faz com que mais pessoas dentro da empresa também se animem e sintam orgulho de trabalhar em um projeto. É em cima dessa empolgação coletiva que nós construímos marca. É que a razão da empolgação do colaborador é provavelmente a mesma razão da empolgação de um cliente ao falar da sua marca para outra pessoa.

 
Por isso a nossa estratégia de marca é baseada em encontrar esses Thunderbranders dentro das empresas, descobrir por que eles se empolgam, transformar essa empolgação em algo recorrente e estratégico, e a partir disso, comunicar à todos os interessados na marca que ali existem pessoas empolgadas, dispostas a colaborar para que um propósito ganhe vida. E hoje, em meio a discursos chatos e repetitivos baseados em atributos de produto, falar de propósito ganha o jogo! 
 
Hoje, se você precisa vender melhor (com mais margem e mais lucratividade), precisa se diferenciar, delimitar seu espaço no mercado, mostrar dentro da empresa o seu valor como profissional. O melhor caminho é ser um Thunderbrander, estar inspirado para empolgar as pessoas ao seu redor e conseguir fazer com que outras pessoas abracem o seu projeto com a mesma vontade que você tem. Porque assim, o seu caminho de sucesso será muito mais fácil (ou menos difícil), e você será reconhecido e conhecido por ser um profissional acima da média, admirado, respeitado, indicado e desejado pelo mercado: um legítimo ThunderBrander.